segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Entrevista com o DJ Djalma..




Vicente Borba Macedo, mais conhecido como Djalma, é de Porto Alegre, tem 27 anos e há 08 anos é DJ. Djalma faz parte da equipe Naipe, é ele quem produz as bases usadas nos vídeos feitos para Naipe, que são produzidos por Leo Coutinho, vídeo maker da marca.
Djalma vem falar nesta entrevista um pouco de sua vida atrás dos toca discos!

1. Como aconteceu a mudança na sua vida, saindo do skate e se tornando DJ?O conhecimento que você ganhou no skate ajudou? Andei de skate por um bom tempo da minha vida, em uma época que o skate em Porto Alegre sobrevivia, não tinha pistas, mercado e muito menos incentivo. Meu primo Jorginho, na época, já ouvia uns punks hardcore e Beastie Boys. Ali pelo ano de 1999 comecei a frequentar umas festinhas que tocou o Zé Gonzáles, eu mesmo nunca tinha visto um DJ tocar tantos boom bap em uma noite, até essa época em Porto Alegre era raro alguém que conhecesse rap alternativo em grande escala. Lembro que os DJs do ccr tocavam uns rap's muito manjados tipo, Dr Dre, Outcast, Dmx e Ja Rule. Quando me deparei com algumas festas de boom bap, foi o eixo para ir pro lado de trás do meu primeiro technics mk2 (toca discos).

2. Quais foram suas influências musicais no início e quais são as de hoje em dia? No início eu ouvia e procurava muito rap, gravava em fita. Nas, Keith Murray, Organized konfusion e Mic Geronimo. Ali por 2002 comecei a fazer beats, numa época que não pesquisava muito rap e sim música orgânica na intenção dos samples, Bob James, Herbie Hancock, Miles Davis e John Coltrane.

3. Como é o trabalho de DJ? Qual sua rotina?Como é o dia a dia de quem coloca som nas baladas? Nos dias de hoje fico em função de discotecar e produzir beats. Uma rotina que não traz muito benefício monetário, fico em função do hip hop mais pelo prazer.

4. Quais os lugares que mais curtiu colocar som? Curti discotecar no Barba Azul, Kimik, Aloha em Caxias do Sul e no Tear.

5. Como é a criação de uma base? O equipamento usado é o mesmo que você coloca som? Eu crio instrumentais sampleando, recortando o pedaço de uma música e fazendo o sample dela, loopando e sequenciando os timbres de bateria eletrônica, eu costumo produzir com drum machines da akai modelo MPD24 e MPC 1000

6. O que você escuta quando esta em casa? E qual som você coloca pra dar um gás quando a festa ta meio devagar? Escuto de tudo, música regional gaudéria, jazz, soul, jovem guarda e rap. Quando a festa tá devagar, costumo tocar alguma coisa dos anos 90, tipo De La Soul, Wu Tang e Fugges.

7. Que dica você pode dar para quem quer começar na carreira de DJ? Para quem tá a fim de começar é sempre bom comprar um toca disco tipo mk2 e um mixer. Não caia no conto de cursos para DJs, e depois comprar e pesquisar sobre discos em geral.

8. Quais seus planos e projetos para 2011? Dar continuação a minha festa, trazer novos artistas para meu selo Omni records e continuar me empenhando como DJ e beatmaker.

Agradecimentos? Meus agradecimentos vão para a rapaziada da Omni, Vinil Verde, Naipe Skate, minha família e a Deus!

Paz

Texto: Daniel Souza



Um comentário:

chuchupoaplay2forever disse...

FAVELA ESTA CONTIGO VC E MERECEDOR PARABENS VICENTE DJ

DJALMA .....